Assista e compartilhe
o filme da campanha

compartilhar:

O que é Saneamento?

Saneamento é o serviço de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto. Essa infraestrutura básica melhora a qualidade de vida da população, além de trazer desenvolvimento social e econômico para o país.

Com 25 anos de experiência no apoio ao saneamento, o BNDES está unindo esforços com parceiros públicos e privados para construir uma nova realidade para o setor no Brasil.

São muitos os benefícios do saneamento, em áreas como a saúde, o meio ambiente, a educação e o mercado de trabalho.

Veja abaixo como cada área é beneficiada.

Benefícios

Talvez você nunca tenha pensado nisso antes, mas saneamento básico tem muito impacto na educação. Por exemplo, pessoas com acesso à água tratada e coleta de esgoto em suas residências permanecem em média...

Segundo cálculos da Organização Mundial da Saúde, a cada dólar investido em saneamento, são economizados cerca de quatro dólares em saúde. E isso fica mais claro quando observamos os atendimentos nos hospitais...

O mercado de trabalho é profundamente afetado pelos problemas no setor de saneamento. Vivendo em condições precárias, populações sem acesso a serviços de água e esgoto têm mais doenças, maior índice de faltas...

A expansão e a eficiência dos serviços de saneamento reduzem a degradação da natureza, preservam os biomas e estimulam o turismo.​ O Instituto Trata Brasil registra que nosso país despeja mais de 5 mil piscinas olímpicas...

Atuação do BNDES

O papel do BNDES é ser um indutor do desenvolvimento, unindo esforços com parceiros públicos e privados para estruturar e financiar projetos de saneamento. E é isso que o banco faz há 25 anos com ações voltadas para a ampliação do abastecimento de água e do sistema de coleta e tratamento de esgoto.

Atualmente, o setor passa por algumas mudanças.
A principal delas é o novo Marco Regulatório. Veja abaixo.

Novo Marco Regulatório

Sancionado em 15 de julho de 2020, o novo Marco Regulatório do Saneamento Básico tem como principal meta a universalização e a qualificação destes serviços.
O objetivo é garantir que, até 2033, 99% da população brasileira tenha acesso à água potável e 90% à coleta e ao tratamento de esgoto.
Para tanto, o novo marco cria um ambiente favorável à inserção da iniciativa privada no setor, hoje quase que integralmente operado pelo Estado.
Governos e prefeituras terão a opção de adotar a forma de prestação de serviço mais adequada a cada caso, seja privatização, parceria público-privada, sistema híbrido ou público.

Qual o Papel do BNDES?

O BNDES entra lá no início do processo. Uma forma de apoio ao setor é a estruturação de projetos atrativos junto a prefeituras e governos estaduais. Outra forma de apoio é o crédito. O banco financia dívidas em reais de longo prazo para os investimentos no setor. Sempre com o objetivo de promover a ampliação do saneamento.

Conheça Nossos Projetos